É normal em algum momento você se sentir desmotivado e até mesmo pensar em desistir de seu ministério, já falei sobre isso antes no texto: Não desista do seu ministério. Hoje, voltando novamente a falar sobre este assunto quero lhe mostrar alguns motivos para não desistir, vamos lá?!
Não Desista do Seu Ministério (Parte 2) - garota pensando, garota olhando para o mar, Blog Dança Cristã, Por Milene Oliveira


A luta é necessária para alcançar a vitória: Nada vem de graça, se você esperava entrar no ministério e começar a receber inúmeras bênçãos, infelizmente tenho que lhe dizer que você se enganou. Quando estamos trabalhando na obra de Deus as lutas vem de forma muito mais intensa, pois o inimigo está o tempo todo jogando setas na nossa vida para tentar nos derrubar e nos fazer desistir. Seremos abençoados? Sim, mas no tempo de Deus e não no nosso.

Houve um motivo para que você começasse, lembre-se dele: Quando você decidiu entrar para o Ministério você tinha um propósito não é mesmo? Você se lembra disso? No meu caso, o que me fez começar foi ter sido chamada por Deus, e o desejo de obedecer a este chamado, sempre que penso em desistir me lembro disso e logo me sinto fortalecida.

Irá decepcionar aqueles que acreditam em você: Pior que decepcionar as pessoas que acreditam em você, como seus líderes, seus irmãos e até sua família, é decepcionar AQUELE QUE MAIS ACREDITA: DEUS.

Você escolheu obedecer a um chamado e não pode abrir mão dele: Quantas pessoas não são chamadas para fazer algo na casa de Deus e simplesmente não conseguem obedecer ao seu chamado? Pode acreditar que são muitas. Você agiu diferente, escolheu obedecer e começar aquilo que Deus colocou nas suas mãos. 

Tudo que você fez ficará em vão: Quanto dinheiro você investiu em figurinos? Quanto tempo gasto com os ensaios? Quanto trabalho realizado? Desistir do ministério seria perder tudo isso que você já investiu, seu tempo, dinheiro e trabalho.

As críticas fazem parte de todo trabalho: Estar a frente de qualquer trabalho na igreja, de certa forma acaba nos expondo. As pessoas começam a nos enxergar com outros olhos, elas estão o tempo todo nos observando e prestando atenção em tudo que fazemos, portanto é natural que elas no critiquem ou até mesmo nos caluniem. Muitas pessoas são usadas pelo inimigo para fazer comentários ruins e que irão nos desmotivar. Não dê ouvidos a este tipo de pessoas e continue seu trabalho. Quando você entrou para o ministério, estava ciente de que poderia ser criticado.

Não se iluda, ninguém é perfeito: Se você acha que é muito ruim e que por mais que se esforce não consegue dançar bem, saiba que não existe ninguém perfeito e que o grande segredo para melhorar é ensaiar cada dia mais. Pare de se preocupar se outra bailarina do ministério faz algo melhor que você, ela também não é perfeita, ela ensaiou muito e você também pode chegar lá. Grandes bailarinas começam pequeno, elas também erram, caem, esquecem a coreografia, mas não desistem. Esqueça a ideia de ser perfeita e procure fazer o seu melhor.

Seu objetivo é maior que as dificuldades: Todos passamos por dificuldades, mas nosso objetivo, o nosso alvo (Jesus) é muito maior que elas. Portanto, se está muito difícil, lembre-se que para Ele também foi, mas Ele não desistiu, siga o exemplo de Jesus e passe pelas provações sem desanimar e confiando que sua vitória chegará. 


Leia também: