Indicação de Filmes - Para Salvar uma Vida - Blog Dança Cristã

"A vida é uma jornada, ela não leva a um destino exatamente, mas a uma transformação. Se olharmos pra trás não parece que os nossos melhores momentos vieram em meio aos momentos mas difíceis? Mas DEUS nos fez para vivermos em comunidade, pra gente rir, chorar, sofrer e comemorar uns com os outros, não importa pelo que estivermos passando, a transformação é difícil e nem sempre acontece como imaginamos… Mas precisamos nos lembrar que mesmo enquanto lutamos para confiar nele, ele sempre confia em nós. E ele encherá nossas vidas com amor e propósito se assim permitirmos." - Para Salvar uma Vida

Bom dia meus queridos, talvez vocês estivessem esperando um filme sobre dança, não é mesmo? Peço desculpas, porque primeira indicação de filme não será sobre dança... Procurei bastante e me surpreendi com a quantidade de filmes que encontrei, porém, NENHUM cristão, acreditam? Mas calma, não se apavorem, pois, mesmo sendo seculares, a maioria deles são bons e muitos de motivação, que nos dá uma energia a mais para correr atrás do que sonhamos, e vou sim indica-los, porém, em outra hora. Porque hoje quero falar de um filme que mexeu muito comigo, e que acredito que todos os jovens cristãos deveriam assistir. O nome dele é: "PARA SALVAR UMA VIDA".

O filme retrata a realidade de muitas igrejas e muitos jovens de hoje ao mostrar jovens com conflitos familiares, amorosos, etc. Ele mostra também a importância de sermos amigos e amar as pessoas, e nos ajuda a enxergar a grandeza do amor de Deus para conosco. Alguns dos temas abordados pelo filme são, bullying, drogas, gravidez na adolescência, aborto, amizade, solidão, suicídio, auto mutilação (pessoas que se cortam), entre outros. Todos os temas tratados são reais, acontecem em nossa sociedade e no meio de nossos jovens e adolescentes, mas muitas vezes não enxergamos.

O filme abre nossos olhos a respeito de muitas questões como:

- Pessoas que entram em nossas igrejas e saem todos os dias da mesma forma que entraram, sem mudança de vida.
- Pessoas que chegam até nossas igrejas e nem se quer damos a mínima, não vamos atrás quando ela deixa de ir, ignoramos e perdemos uma grande chance de ganharmos essa vida.
- Jovens vivendo uma vida dupla, que estão dentro da igreja, mas se drogando fora dela, e infelizmente, isso é uma realidade, que muitas vezes aceitamos e nos conformamos.
- Jovens que aceitam Jesus, mas se sentem completamente perdidos em meio as dificuldades. Algo que acontece muito com novos convertidos e nem sempre procuramos ajudar.
- Jovens que não querem assumir a responsabilidade de seus atos, que preferem abortar ou doar uma criança para adoção do que arcar com as consequências, por não querer abrir mão de seus sonhos e projetos, onde ter um filho mudaria tudo.

O personagem principal é Jake Taylor, um jovem rapaz que além de ser o garoto mais popular do colégio, tem uma bolsa de estudos para jogar basquete e a garota mais desejada da escola. Desde criança ela mantinha uma amizade com Roger Dawson que, ao contrário dele, não tinha nada. Com o tempo eles acabaram se afastando pela popularidade de Jake e pelo seu estilo de vida, o qual Roger, não mais se adequava. Então ele se vê sozinho, humilhado e sem esperança, quando decide tirar sua própria vida. Isto acaba gerando em Jack um sentimento de culpa e algo muda dentro dele, e a partir daí ele se vê comprometido em ajudar outro rapaz com um comportamento semelhante e começa a se perguntar se ele poderia ter feito algo para salvar a vida do amigo. Jack conhece Jesus mas, percebe que as coisas estão cada dia mais difíceis para ele e em meio a tantas dificuldades, ele se questiona sobre o que Deus tem para sua vida e sobre o que ele realmente quer. Vale ressaltar que a história continua no livro "A escolha de Jack". 

Para Salvar uma Vida não é apenas um filme, mas um projeto, no qual, o filme faz parte. É excelente e traz ensinamentos valiosos, que vale a pena trazer para nossa vida. Também nos leva a uma reflexão de como estamos agindo como igreja, como cristãos e cidadãos.

- Porque julgamos alguém quando este comete um erro, e até "colocamos no banco" ou "na disciplina", sem ao menos nos importarmos com o que aquela pessoa está passando naquele momento de sua vida?
- O que estamos fazendo para mudar a vida de outras pessoas? Algumas pessoas querem apenas ser ouvidas.
- Jesus, fez o maior sacrifício por todos nós, mas e nós, o que estamos fazendo por Ele e pelos nossos semelhantes? Será que ir a igreja é suficiente?
- Quantos jovens cristãos ousam falar de Deus em lugares onde a maioria das pessoas não conhecem Jesus?

Estes e vários questionamentos nos levam a refletir sobre nosso verdadeiro papel como cristãos. Indico o filme e também os livros: "A escolha de Jack" e "Para Salvar uma vida - Ouse fazer a diferença", pois se complementam. 

Espero que gostem da dica de hoje. Deus abençoe vocês!!!






Leia também: