Ministério de dança é coisa séria - Dança Cristã


Do que adianta subir em uma plataforma e dizer que estou dançando para Deus se não danço para Ele enquanto estou sozinha no meu quarto? Do que adianta querer mostrar meu talento para toda a igreja se dentro de mim se encontra um coração amargurado, cheio de ódio e rancor? Do que adianta querer salvar vidas através do meu dom quando nem a minha própria vida está salva? Do que adianta querer dançar, se eu não tenho um coração de adorador, se eu não tenho uma comunhão intensa com o Espírito Santo, aquele que deve se manifestar em mim enquanto estou dançando?

Fico chateada quando vejo as pessoas tratando a dança como algo legal, ou bonito e fazendo por fazer apenas, sem ter um propósito, um objetivo (Leia: "Qual o propósito de um Ministério de Dança?). A nossa dança tem que ser o reflexo da nossa vida. Se eu não tenho o hábito de dançar para Deus quando ninguém está olhando, então eu também não devo dançar enquanto tem pessoas a minha volta. Se eu não vivo a palavra de Deus, não devo prega-la. Se eu não tenho uma comunhão com o Senhor não adianta querer que o Espirito Santo se manifeste enquanto eu danço. Se a sua vida não está focada no Senhor, se Ele não é o centro, você não pode querer cuidar de outras vidas, ou toca-las através da sua dança, pois você também precisa ser tocado e cuidado. 

Portanto, vamos refletir sobre como tem sido nossa vida... Eu tenho uma comunhão com o Espírito de Deus? Eu tenho orado pelas pessoas? Eu tenho feito algo pelo reino de Deus, além de subir em uma plataforma e dançar? Eu tenho sido útil na minha igreja, tenho ajudado quando preciso, ou só me preocupo em dançar? Eu estou com a minha vida em ordem para cuidar de outras vidas? Se a sua resposta a alguma destas perguntas for não, pare de dançar hoje mesmo. E comece a viver verdadeiramente o que você tem pregado. 

Precisamos entender que dança na igreja não é para qualquer um, não é para quem quer, nem para quem não vive o evangelho... Dançar é para quem tem um chamado, para quem está disposto a deixar suas dores de lado, por saber que Deus está cuidando delas, para então cuidar das dores dos outros. Dançar é para quem já chegou tão alto em seu relacionamento com Deus, que não consegue mais expressar seus sentimentos em palavras e por isso se expressa em movimentos. Dançar é para quem conhece a palavra, e vive, porque dança também é evangelização e você não pode falar de Deus se não O conhece, também não pode ensinar o caminho correto para as pessoas se nem você mesmo o segue. Dançar é para quem está disposto a sair de sua zona de conforto para crescer sempre mais. É para aqueles que amam as pessoas e se preocupam com a alma delas. 

Dançar não é para quem acha legal ou bonito, dançar não é para quem gosta, também não é para quem sabe, pouco importa se você sabe dançar bale, jazz, hip hop ou o que for. Você pode até ser experiente e dançar bem, mas isso não é suficiente, a dança só será para você se Deus disser que é isso. Você precisa ser chamado por Deus (Leia: "O Chamado de Deus") e esse chamado deve arder em seu coração de tal forma que você nunca se conforma com o que recebe de Deus, você quer sempre mais, você busca sempre mais, porque tem fome e sede, porque ama seu chamado e quer usá-lo não para benefício próprio ou para lazer, mas para alcançar, cada vez mais pessoas, para o Reino de Deus. 

Ministério de Dança é coisa séria e não pode ser levado de qualquer maneira. Aprendam isso ministros e depois dancem!!!!





Leia também: