Milene Oliveira ministrando ao Senhor


Olá leitores do Blog Dança Cristã, tudo bem com vocês? Hoje eu quero falar um pouco da importância da ministração com danças, porque diferente do que muitos pensam, este é um ministério muito sério e que as vezes é deixado de lado. Alguns ministros costumam levar na brincadeira, vêem a dança como um hobbie ou até mesmo como uma opção. Eu confesso que sou A-P-A-I-X-O-N-A-D-A pelo meu ministério e que o prazer que eu sinto em ministrar com danças, é algo que vai além das palavras. Quando você é apaixonado pelo seu chamado, você sente um prazer enorme em fazer aquilo que Deus colocou em suas mãos, é uma sensação maravilhosa de gratificação, de alegria, e o peso se torna bem mais suportável, porque quando você ama, você suporta tudo, você não desiste quando surgem dificuldades.

Ministrar com danças vai muito além de dançar, é estar disposto a deixar o Espírito Santo usar seu corpo para que através de você, corações sejam tocados e quebrantados. Na ministração com danças Deus é o nosso professor, e cada movimento deve ser inspirado por Ele, para que pessoas sintam a Sua presença, sejam curadas e até mesmo salvas. Antes de alcançarmos o coração das pessoas, nossa dança precisa chegar ao coração de Deus, por isso quando dançamos devemos elevar a adoração a Deus como entrega total a Ele, a cada passo. Somente assim conseguiremos impactar com a unção e não somente com a técnica (Leia: "O que é mais importante? A técnica ou a unção?")

Pregadores e cantores usam palavras para glorificar a Deus, nós usamos nosso corpo. 1 corintios 6:20 diz: "Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo." Ministrar com danças é isso, é adorar a Deus através de nosso corpo, é colocar todo nosso amor em passos e movimentos, é uma adoração que começa no coração e reflete no corpo, mas que vai muito além dele, pois você se torna um instrumento nas mãos do Senhor, e quando você entrega o seu melhor a Ele, você atrai a presença dEle onde quer que esteja ministrando. Coisas maravilhosas e tremendas podem acontecer quando temos intimidade com o Senhor e somos cheios do Espírito Santo.

Ministrar com danças é um chamado, e como qualquer outro deve haver renúncia e santidade, é necessário morrer para nossas próprias vontades e desejos se quisermos que a vontade do Senhor se cumpra em nós e através de nós. É preciso ter uma intimidade com o Senhor e sermos totalmente dependente dEle, obedecendo sua palavra e buscando estar sempre em comunhão com o Espírito Santo. Nós ministros, somos como vasos nas mãos de Deus, temos que estar cheios a ponto de transbordar para que a cada movimento essa unção seja derramada à igreja, pois se não estivermos sentindo a unção de Deus como poderemos passar isso para as pessoas? Mas é impossível sermos cheios do Espírito Santo sem busca-lo, sem nos consagrar e sem que nosso coração esteja puro e limpo de qualquer pecado.

Para ministrar temos que ter uma vida baseada na palavra, pois é a palavra que edifica, que  nos fortalece e nos sustenta, as sapatilhas não nos dão um equilíbrio tão perfeito quanto a palavra de Deus. O que move um ministro é a necessidade de agradar ao Espírito Santo! O fluir de sua dança, depende totalmente do fluir do Espírito Santo em Você!! Amém?!





Leia também: