O que é um ministério de dança
"E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, a fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo." - Efésios 4:11-13

Você sabe o que é um Ministério e para que ele serve? Muitas pessoas acreditam que Ministério envolve apenas pastores e lideranças da igreja, porém o Ministério nada mais é que o exercício do dom de uma pessoa, a execução de uma obra, uma ocupação exercida por alguém, um cargo. É um grupo de pessoas que possuem um mesmo chamado e que se unem a fim de ministrar vidas. Não é um simples grupo, é preciso ministrar salvação, cura, consolo e força buscando resgatar almas para o Senhor. 

Aqueles que ocupam um ministério são chamados ministros e precisam ter uma intimidade com Deus, estar sensível a voz do Espírito Santo, além de ser obediente e respeitar a pessoa que Ele levantar como líder. Infelizmente há muitas pessoas querendo ocupar cargos por status, para mostrar que sabe fazer melhor, para impressionar pessoas, buscando recompensas aqui na terra, mas não é isso que Deus quer, Ele nos coloca em um ministério para podermos levar sua palavra até os corações. Portanto, precisamos fazer o nosso melhor, procurando desenvolver cada vez mais o dom que nos foi dado, mas tudo deve ser feito para a glória do Senhor, e não para nossa própria honra: "Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém serve, faça-o com a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam a glória e o poder para todo o sempre." (1 Pedro 4:11)

Dentro da igreja existem diferentes ministérios: Ministério de louvor, Ministério de Pastores, Ministério de Oração, Ministério de Intercessão, Ministério de Jovens, Ministério de dança, e muitos outros. Porém o que poucos sabem é que nós não somos detentores de ministério nenhum, e que não é algo em quem podemos nos colocar, somente Deus e o seu Espírito Santo é quem pode nos conceder um ministério, nós somos colocados dentro dele porque fomos chamados para isso e não porque escolhemos estar lá (Leia: "O chamado de Deus").

O correto seria que TODOS os cristãos estivessem em algum ministério, já que todos possuem pelo menos um dom: "Atenta para o ministério que recebeste do Senhor, para que o cumpras" (Colossenses 4:17). Mas muitos não procuram descobrir qual o dom recebido do Senhor, outros sabem, mas preferem ficar no banco e não usar seu talento. Tem ainda aqueles que iniciam um Ministério sem convicção de seu chamado e não procura desenvolver sua vida espiritual nem uma confirmação do Senhor, por isso começam algo e param no meio do caminho ou passam anos fazendo a mesma coisa sem chegar a lugar algum, e o pior é quando a pessoa sabe o que tem que fazer, mas usa seus dons para seu benefício próprio, para ganhar dinheiro, por palmas e não por almas.

Aquele que possui um ministério deve ser um servo voltado a agradar a Deus com seu serviço independente de qual seja ele, pensando no seu próximo e buscando trabalhar da melhor forma possível com o dom que lhe foi dado. É importante compreendermos que os nossos dons e talentos são para a edificação da igreja e não para o nosso próprio benefício. Se você tem um Ministério ou tem um dom, seja ele qual for, cantar, dançar, pregar, interceder, cuidar das crianças, liderar jovens ou qualquer outro, lembre-se de usá-lo para produzir o crescimento e a edificação da igreja. Cuide dos seus talentos, faça tudo com amor, procure sempre se desenvolver e aperfeiçoar-se naquilo que você faz. Seja fiel ao seu Ministério, procure somar e não dividir, ore sempre pedindo a Deus uma direção sobre o que é correto fazer e peça novas ideias, novas formas de trabalhar buscando chamar atenção das pessoas que precisam de Deus. Dedique seu tempo a obra, que as coisas de Deus estejam em primeiro lugar na sua vida. Abandone a preguiça e trabalhe em prol daqueles que precisam de Deus e consequentemente estará agradando ao Senhor.


Oremos:
Deus meu... meu Rei, meu Pai, meu Senhor, tu não precisas que eu dance, que eu cante, que eu pregue, porém, me dá uma oportunidade que muitos não tem, de trabalhar em prol do teu reino, e eu quero aproveitar essa oportunidade lhe oferecendo o meu melhor. Que os meus dons e talentos sejam usados para a edificação da tua igreja e não para meu próprio benefício. Perdoa-me Senhor se em algum momento eu deixei de fazer algo que tenha me pedido, ou se tenho usado meus dons de maneira errada. Endireitai meu caminho para que nada me impeça de estar fazendo a tua obra. E mostra-me sempre a melhor forma de trabalhar para que eu possa somar e conquistar muitas almas para o Senhor. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

Deus abençoe vocês!!!



Leia também: